De mim e dos outros | Nati Vicentini

Nós nunca sabemos o que está acontecendo na vida do outro e, nem sempre estamos em um dia bom. Às vezes alguém foi um babaca com você porque tinha acabado de perder o emprego, assim como eu posso ter sido uma insensível em algum momento pois tinha descoberto um tumor no cérebro da minha mãe poucas horas antes.

Ou seja: é impossível julgar a reação das pessoas superficialmente. Mas é possível buscar resolver aquilo que te incomoda, se blindar de energias ruins e fazer o máximo para estar em PAZ com o Universo. Estamos todos juntos nesse barco, todos buscando uma forma de ser feliz. Eu descobri cedo que a Vida é mesmo só um presente que passa muito rápido, que eu nunca sei se amanhã estarei aqui.

Então não guarda rancor, não deixa a mágoa te consumir, não deixa o orgulho bobo te impedir de dizer “Eu te amo”, de abraçar seus pais sempre que estiver com vontade, sério… Você não sabe o dia de amanhã.

Leva a vida mais na boa, viva o hoje e se puder, evite magoar as pessoas, mesmo que sem querer. Cuidado com as suas palavras: elas podem curar ou machucar muito. Busque aproximação de quem é importante para você, não deixe nada inacabado, isso vai te deixar doente. Não importa quem errou… compreenda que limpar o seu coração de sentimentos negativos e perdoar é um remédio para a sua própria alma e de mais ninguém. Dessa Vida não levamos nada, nadinha. Só deixamos: lembranças de quem fomos e do AMOR que tentamos demonstrar aos que nos acompanharam nessa caminhada.

E sabe de uma coisa? No final das contas, isso é a única coisa que vai importar. Vai por mim 😉

Natália Vicentini
Natália Vicentini
De mim e dos outros

Blumenauense, formada em Jornalismo e finalizando curso de Direito; usa as palavras quando transborda e não se cabe mais por dentro. Se não escrever, surta. Tenta ser uma pessoa cada vez melhor - nem sempre consegue -, mas, ainda assim, possui "aquela estranha mania de ter FÉ na VIDA". Compartilha suas ideias malucas e seus amores inacabados na página "De mim e dos Outros".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *