Meus pensamentos…

Não era pra ter acabado dessa forma… esse nunca foi o final que eu havia imaginado pra gente. (eu nunca nem imaginei um final pra gente, na verdade). Anyway, se fosse pra ser, tinha muito mais carinho, colo e cafuné na história que eu criei na minha mente. Mas, eu não posso contrariar o destino, muito menos tentar interferir em uma vida já toda pronta. Não posso fingir que não vejo coisas que estão “bem no meio da minha fuça” só porque eu não quero. Não dá pra se enfiar em uma bolha e fugir pra uma cidade cheia de balões e finais de tarde em cima de morros. Não dá. É lógico que eu posso começar a usar todas as minhas armas e apostar todas as minhas fichas em você, afinal, eu ainda nem comecei, sabia? Mas eu não vou fazer isso. Eu optei em recuar. Eu dei um, dois, dez passos pra trás querendo dar duzentos pra frente. Fazer o que, né. Talvez daqui mais um pouco eu nem te enxergue mais. Mas enquanto for possível ver seu vulto bonito na escuridão, eu tenho certeza que meus pensamentos ainda vão estar todinhos direcionados pra você.

Natália Vicentini
Natália Vicentini
De mim e dos outros

Blumenauense, formada em Jornalismo e finalizando curso de Direito; usa as palavras quando transborda e não se cabe mais por dentro. Se não escrever, surta. Tenta ser uma pessoa cada vez melhor - nem sempre consegue -, mas, ainda assim, possui "aquela estranha mania de ter FÉ na VIDA". Compartilha suas ideias malucas e seus amores inacabados na página "De mim e dos Outros".

Acompanhe! Snapchat @CadeMeuBlush

Cores | Henry Capelanes

Escolher que cor colocar em determinado ambiente não é uma tarefa tão simples quanto parece. Cada cor tem um impacto psicológico sobre nós e esses impactos depende de fatores subjetivos. O simples “gostar” de uma determinada cor não significa que é a melhor escolha para um determinado ambiente (sejam as cores em paredes, móveis ou objetos de decoração).

De maneira geral, cada cor remete a emoções e sensações diferentes, e se é empregada em uma tonalidade mais viva ou mais suave, ou então se elas estão presentes com destaque ou em pequenos detalhes. Por isso é importante considerar seus efeitos na hora da escolha das cores a serem usadas na ambientação. Existem vários estudos que comprovam essas teorias dos efeitos de cada cor, os chamados psicologia das cores. Abaixo relacionarei as principais cores utilizadas na decoração de ambientes e as sensações que as mesmas transmitem.

Vermelho:

É uma cor muito enérgica e vibrante, podendo provocar excitação e nervosismo quando usada em excesso. Em pequenas doses, traz aos ambientes um ar de glamour e exotismo, além de paixão. Em demasia, pode ser vulgar. Sugere força, virilidade, dinamismo e agitação.Ideal para locais de trabalho físico e muito usada em quartos de móteis (compreensível, né?! Hahahahaha).

Preto:

Sugere nobreza, distinção e elegância. É uma cor imponente, sofisticada. Utilizada em pequenas áreas ou em elementos decorativos cria um clima solene e sóbrio.Ideal para áreas amplas pois dá sensação de diminuir os ambientes, além de escurecê-los.

Laranja:

No geral, é bastante utilizado em cozinhas, pois abre e estimula o apetite. Em tons mais escuros, sugere estabilidade. É uma cor acolhedora e quente, favorece o otimismo, entusiasmo e o bom astral. Ideal pra cozinhas e sala de jantar.

Amarelo:

Muito usado para esquentar e iluminar áreas escuras e frias. Cor vibrante, transmite alegria e favorece a criatividade. Ideal para home office, cozinhas e banheiros.

Verde:

Traz alegria e vida. Se utilizado em pisos e em detalhes, remete a natureza. Não incide muita luz, mantendo a cor original. Sugere harmonia, equilíbrio, frescor, calma e alivia o estresse. Vai bem em salas, quartos, hall de entrada e closets.

Azul:

Pode ser aplicado em grandes áreas sem torná-las cansativas, mas deve ser combinado com outras cores para evitar monotonia e sono. Transmite calma, maturidade. Aliado ao branco, cria sensação de limpeza e frescor. Em tons mais claros é capaz de acalmar e tranquilizar os ânimos. Vai bem em quartos, salas, banheiros e home office (mesmo dando a sensação de tranquilidade o azul melhora a produtividade). 

Branco:

É a cor mais comum, muito usada para dar sensação de amplitude em ambientes pequenos e apertados. Transmite sensação de limpeza, pureza e frescor. Vai bem em banheiros, cozinhas e lavanderias. 

Neutro:

Abrange os tons de bege e cinza. São associados com harmonia e formalidade. Pode ser usada em todos os ambientes. Por não transmitir efeitos psicológicos diretos, quando utilizados sozinhos pode gerar certa monotonia, mas quando em conjunto com cores mais fortes tende a amenizar seus efeitos.

Bom, é isso gente, tentei resumir ao máximo, mas como é muita informação sobre cores é difícil resumir tanto! Hahaha…qualquer dúvida ou se quiserem dicas de casos específicos podem entrar em contato que estamos aí pra isso. Até a próxima semana!

Flat Mules | Tendência

Já sabem né? Tudo que está na moda, vai sair de moda e depois vai voltar a estar na moda.. Flat Mules não foi diferente, o sapato que fez sucesso nos anos 90 voltou a aparecer em algumas temporadas e agora tomou conta de todas as vitrines.  Para quem não sabe do falo aqui, é aquele sapato que deixa o calcanhar a mostra, antigo tamanco. A moda também tem disso, trocar os nomes… haha.

Flat Mules voltaram com uma pegada moderna, aplicações, pelúcia, bordados, metalizado… Diferentes tipos para agradar todos os gostos. Sim, existe Mule de salto, eu não curto, mas acho que se você gosta, usa sem medo tá? Temos que sempre pensar em nos sentir bem… Flat Mules são confortáveis, e acho que por isso também que está tão em alta, cada vez mais a moda busca ligar estilo ao conforto.  Separei algumas inspirações e tentei selecionar looks com cara de inverno, afinal, o frio parece que chegou para ficar.

Cílios fio a fio | Elisa Argenton

Quem acompanha o Cadê Meu Blush? nas redes sociais ( Instagram, Twitter e Facebook) notou que meus cílios cresceram MUITO de um dia para o outro, haha. Fui na Elisa Argenton Estética fazer o alongamento de cílios fio a fio e já adianto: ESTOU AMANDO DEMAIS! Eu era super viciada em rímel, usava uns 3 diferentes e ficava passando infinitas camadas só que sofria para tirar, santa paciência e tempo né? Conversando com as meninas da estética, resolvi experimentar esse método.

Bom, na Elisa Argento tem a opção cílios fio a fio ou volume russo, e a diferença entre eles é que o fio a fio é colocado como já diz o nome, fio a fio em cada cílio. Sim, processo demorado e com resultado mais natural. O volume russo são tufinhos colocados, dando um efeito maior. Como foi a primeira vez que fiz, eu optei pelo que desse um resultado mais “natural”.

O meu processo foi bem demorado, segundo a Helô (que realizou o procedimento) eu tenho MUITOS cílios (fiquei me achando haha), por isso, o tempo é diferente para cada pessoa. A manutenção é realizada entre 20 e 30 dias. Se quiser retirar, é necessário ir na estética, assim os cílios naturais não saem junto. Os cuidados são básicos: não esfregar os olhos, cuidar para lavar e secar e a parte ruim é que não pode dormir cobrindo os olhos, eu dormia SEMPRE assim, mas não é um sofrimento haha.

Elisa Argenton Estética

Facebook | Instagram
Rua: Anita Garibaldi, 125
21252161 / 99447094

123456789... 478
12345678... 478
23456... 478